terça-feira, 17 de março de 2009

FIFA

video

4 comentários:

  1. Rói-te de inveja, Cristiano Ronaldo!

    Boa noite, Prof. Belo vídeo. Futebol e tudo :)

    ResponderEliminar
  2. Alien, presumo que ele não se roa de inveja porque... usa a cabeça ;-)
    (dou voltas à cabeça mas continuo a ficar perplexa quando vejo esse spot publicitário).
    Pois... se o futebol não fosse servido embrulhado em tantos interesses económicos ( e não só), em tanta corrupção e em tanta violência, era menina para até gostar :-)

    ResponderEliminar
  3. Prof,

    Eu só gosto do espectáculo, do jogo, e quando é bom e, de preferência, limpo.

    O embrulho é realmente uma porcaria, mas não é só no futebol... e não me vou privar desse gosto por causa disso, ou teria que me privar de muito mais coisas que aprecio...

    Enfim, é um pouco como ter como um dos meus autores favoritos um sujeito chamado Jorge Luis Borges, que foi condecorado pelo Pinochet e lhe apertou a mão para a fotografia... não sei se me faço entender...

    ResponderEliminar
  4. percebo - isso, percebo. Assim como julgo perceber o fenómeno em termos de psicologia de massas - e é a esse nível que me incomoda mais, para ser sincera. Não me preocupam os aliens mas os terráquios que choram, se o clube perde, que deixam de comprar bens essenciais para a família pois têm de optar entre isso e o bilhete para o desafio x; preocupam-me os bandos de arruaceiros. Preocupam-me as multidões, que são acéfalas - todas as multidões são, a meu ver, acéfalas.
    Não consigo entender certas conversas de café, quando os adeptos de um clube provocam (amigavel ou insultuosamente) os de outro clube, como se o mérito da vitória fosse de uns e a culpa da derrota de outros. Não entendo este transfer... limitação minha, assumo.
    Quanto ao resto, eu bem sei o que penei quando, em pleno fervor de militância de esquerda, namorando eu com um lindo e doce jovem intelectual de esquerda... me apaixonei por um colega de faculdade, mais velho e que era militante... do PPD! Ai o que eu praguejei contra o meu «acéfalo coração»! :-)

    ResponderEliminar

reservo-me o direito de não publicar comentários